Guarulhos e Santo André discutem a possibilidade de veículo leve sobre trilhos ligando as cidades

257
Imagem Ilustrativa - Google

Os detalhes técnicos do futuro corredor sobre trilhos que ligará o ABC, a partir de Santo André, à cidade de Guarulhos, em São Paulo, foi tema discutido por representantes da Prefeitura de Santo André , Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo, Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e Metrô. – A princípio a ligação teria 30 quilômetros de extensão, partindo da região de BomSucesso/Cumbica, em Guarulhos, passando por bairros da Zona Leste de São Paulo, integrando com a estação Itaquera. Local que deverá abrigar o futuro estádio do Corinthians, que provavelmente sediará a Copa de 2014, além de um shopping e uma unidade do Poupatempo. A partir daí, o traçado prevê atingir as regiões de Sapopemba, do Oratório, até chegar em Santo André.

Veículo Leve

Atleta da UNG

O estudo definiu em princípio que o ideal é o veículo leve sobre trilhos (VLT) para ser utilizado na ligação ABC-Guarulhos. Trata-se de uma espécie de metrô de média capacidade. “Nosso trabalho é técnico. Definiremos o que nos compete para contribuir com o processo deste trabalho”, esclarece Frederico Muraro Filho, secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Santo André. Importante destacar que a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Santo André (SDUH) participou de todas as decisões a respeito do traçado e estações, em conjunto com o governo do estado e as prefeituras envolvidas no processo, visto que parte dele estará dentro do município andreense.

O VLT que ligará São Paulo às cidades de São Caetano, Santo André e São Bernardo está orçado em R$ 3 bilhões. Cálculos iniciais dão conta que a ligação ABC-Guarulhos atenderia 450 mil pessoas por dia, em um entorno que abrange cerca de 1,8 milhões de habitantes.

Estação Pirelli

Dentro do Município de Santo André, o trajeto prevê cinco paradas, sendo que a última é na Estação Pirelli. Nesse ponto estima-se uma média de 32 mil passageiros circulando por dia, interligando a linha férrea e o Expresso Guarará, o qual será adicionado ao projeto mais sete quilômetros de corredor até o terminal da Vila Luzita. Cálculos iniciais dão conta que a ligação ABC-Guarulhos atenderia 450 mil pessoas por dia, em um entorno que abrange cerca de 1,8 milhões de habitantes.

Fonte: DCI